Shopping Cart
Your Cart is Empty
Quantity:
Subtotal
Taxes
Shipping
Total
There was an error with PayPalClick here to try again
CelebrateThank you for your business!You should be receiving an order confirmation from Paypal shortly.Exit Shopping Cart

David Stuart

Ninguém tem o direito de dizer que as chems é um problema na sua vida.

É você quem decide se as chems é ou não um problema pra você.


Todo o sexo traz coisas positivas e consequências. Prós e contras.

Chems também, têm prós e contras.

Podemos reduzir as consequências do nosso uso de chems, praticando as técnicas para redução de danos (veja aqui). Não é perfeito.Não podemos remover todos os danos ou conseqüências, mas podemos minimizá-los.

Então é apenas uma questão de decidir se o que experimentamos com o uso das chems, vale as consequências. Não apenas para nós mesmos, mas para aqueles que nos rodeiam e nossa comunidade.


Abaixo estão algumas perguntas destinadas a nos ajudar a refletir sobre nossas próprias escolhas

Ao responder as perguntas abaixo, você (e ninguém além de você) ... pode ter uma idéia se você está feliz com suas escolhas, se o que você curte e gosta das chems, superam as consequências do uso.

(Nenhuma é obrigatória, ignore perguntas que não se aplicam a você ou que você não goste).

Às vezes eu perco dias no trabalho / faculdade por causa das chems?
Tenho sido diagnosticado com doenças venéreas com mais frequência?
É possível que eu esteja transmitindo doenças venéreas para outras pessoas quando uso chems?
Alguma vez tive uma overdose com o GHB / GBL?
Às vezes me sinto paranóico ou inseguro quando uso chem
Eu consigo lidar com meu uso. Porém pessoas com quem uso junto, não conseguem.
Qual porcentagem da minha vida sexual envolve chems?
Estou feliz com essa porcentagem?
O ideal seria que a porcentagem da minha vida sexual com chems fosse.
O sexo que tenho tido tem sido gratificante e tem satisfeito minhas necessidades sexuais e emocionais?
Tenho priorizado sexo com chems sobre outras atividades sociais (não-sexuais) (família, amigos, passatempos).
Quando foi a última vez que teve um relacionamento amoroso com alguém?
Está o sexo com chems afetando meu físico/ minha aparência, meu visual?
Está o sexo com chems afetando as minhas finanças?
Quando foi a última vez que fez sexo sóbrio?
Está o sexo com chems afetando meus objetivos e os sonhos que tive para a minha vida?
This site uses Google reCAPTCHA technology to fight spam. Your use of reCAPTCHA is subject to Google's Privacy Policy and Terms of Service.

Essas perguntas eram apenas para você. Eles não foram projetados para enganá-lo ou coagi-lo. Apenas para ajudá-lo a refletir sobre como você deseja que seja sua vida sexual (e romântica). Às vezes, o medo da mudança pode nos manter perdidos em um ciclo no qual nem sempre estamos felizes. E às vezes nunca pensamos sobre como queremos que seja nossa vida sexual (e romântica). Muito menos tentei proativamente fazer isso acontecer. Às vezes, estamos apenas agindo por impulsos sexuais, ou vivendo a vida sexual que nossas cenas gays projetaram para nós, em vez de abrir nosso próprio caminho. Às vezes, nossas próprias necessidades emocionais são tão barulhentas que podemos ser ingênuos quanto ao mal que causamos a nós mesmos no processo - e ao mal que podemos estar causando aos outros ou à nossa comunidade por padrão. Às vezes, ficamos tão insatisfeitos com o sexo sóbrio que pensamos que os chems são a única maneira de satisfazer nossas necessidades. E às vezes nem sempre nos tratamos como valemos a pena. Mas nem sempre é claro. Às vezes é apenas divertido, sem danos. Espero que as perguntas tenham ajudado. Se você decidiu que não precisa fazer nenhuma alteração ... ótimo. Espero que você não sinta que as perguntas foram uma perda de tempo. Se você decidiu que uma pausa na quimioterapia pode ajudar, ou se precisa aprender mais técnicas de redução de danos, visite as outras páginas do meu site.
0